Somos frutos do meio em que vivemos!

Absorvemos todas as impressões sensoriais do meio o qual vivemos.

Neste sentido, absorvemos as palavras, os atos das pessoas mais próximas, sua maneira de pensar, suas convicções pessoais, os livros que estas leem e até mesmos seus preconceitos.

Isso mostra porque, na maioria das vezes vemos pessoas manifestarem opiniões acerca de algum assunto, sem que tenham o embasamento necessário para tal.

Se desejarmos mudar nossas vidas de modo a alcançar a prosperidade e realização pessoais, precisamos ampliar os limites deste ambiente.

Tendemos a dar razão para aquelas pessoas cuja opinião se assemelha ao nosso modo de pensar, mas quase sempre isto irá limitar nosso poder de crescimento pessoal. Não que devamos abandonar nosso modo de ver as coisas, mas precisamos abrir mais espaço para o diferente, já que é num ambiente diverso que encontraremos elementos que nos permitam evoluir.

O igual não tem graça! Com ele, não crescemos! O diferente nos desafia, nos faz crescer, nos torna mais fortes e nos prepara para o mundo!

Deixe uma resposta