Siga em frente, ou saia do caminho!

 

Há um lema frequentemente dito nos grupos de treinamento, especialmente no que diz respeito às oportunidades ou mesmo à concorrência. Este lema é: Siga em frente, ou saia do caminho!

Em verdade, há alguns derivativos deste lema, em sua maioria bastante engraçados… Bem. Sigamos adiante!
Sempre que você está seriamente empenhado em alcançar um objetivo na vida, seja ele qual for, você não deve tratar uma simples derrota temporária como “fracasso total”.

Quase sempre encontramos obstáculos pelo caminho e, muitos destes obstáculos, são bastante difíceis de serem contornados. Diante disto, muitas pessoas tendem ao abandono de seus sonhos mais dourados. Elas simplesmente se conformam com as adversidades da vida e aceitam a ideia de que “não era para ser”!

No entanto, há aqueles que não aceitam as adversidades como destino final, e logo tratam de abrir caminho buscando construir oportunidades para suas vidas.

Uma vez que você escolheu seguir em frente, há comportamentos que definitivamente precisam ser excluídos de sua vida. Por exemplo, deixar de “empurrar com a barriga”.

A vida dos decididos requer tomadas de decisões quase que o tempo todo. Logo, se você gosta de se debruçar em cima de algo e ficar pensando por horas se deve ou não fazer, saiba que esta simples atitude fará com que você perca energia e tempo preciosos. Pelo sim ou pelo não, simplesmente tome uma atitude. Caso verifique ter errado logo ali adiante, pare novamente e mude suas convicções. Não tenha compromisso com o erro!

Todos aqueles que agem desta forma, ajustando constantemente suas opiniões e alicerçando decisões em cima dos resultados, consegue avançar pelo caminho mesmo através dos erros! Ou seja, ele não fracassa, aprende e evolui!

Quando você decide analisar uma situação de maneira objetiva, focando nas soluções e não no problema em si, você logo perceberá que as todas as coisas sõa muito mais simples do que realmente parecem ser.

Algumas pessoas acham que viver é complicado. No fundo, elas são pessoas complicadas.

Portanto, foco na solução. Em seguida, entre em ação!

Há outro ditado, de um sentido muito profundo que diz: “As emoções nem sempre estão sujeitas à razão, mas sempre estarão sujeitas à ação!”

 

Deixe uma resposta